segunda-feira, agosto 22, 2005

porongas


criadas a partir de porongos, estas pinturas/esculturas, novo trabalho de madu lopes, representam com muita intensidade sua ligação com alguns elementos marcantes de sua trajetória. as referências ao universo do feminino, através não só das figuras representadas, mas também pelos simbolos utilizados, estão aqui presentes em formas para além dos limites da tela. a partir do porongo, ele mesmo fruto da terra, estas imagens de pachamamas modernas ganham vida e caráter individual para novamente evocar o feminino como elemento lunar, gestante e nutridor . nitidamente ligadas ao arredondamento do porongo, que se transforma em ventre. as cores terrosas se mesclam às cores vivas e às estampas, diversificadas e misturadas, evocando o colorido diferente que povoa o imaginário das mulheres contemporâneas. diferentes referenciais na composição de uma identidade feminina, atualizada pela sua presença no mundo, mas miticamente ligada aos simbolos ancestrais do feminino. interessante observar suas bolsas, colares e pássaros, como na que vemos na foto. badulaques de armário, de vida e de mundo que as acompanha na jornada. as "fridinhas" e "cholas", na definição de madu, carregam em versão pintura/escultura toda a sensibilidade do artista na percepção dests universo. esta, em especial, está em cima da minha lareira, justo abaixo da lua de sofia, também do madu. povoando minhas próprias composições.

2 comentários:

Paul disse...

Eu conheço aquele tal de dru de algum lugar...
Aposto que as porongas do Madu são bem mais felizes que aquelas que viram cuia, a julgar pela expressão da moça aí na foto. Lindo mesmo, assim como teu texto.
Quanto aos apóstolos, bem , a foto já fala tudo...
Beijão Isa!

giana disse...

Oi guria... passando por aqui para absorver um pouco de cultura!!! Não conhecia este espaço. Um beijo

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin

Clube da Mafalda

Clube da Mafalda